Entenda sua definição e como o uso de personas pode melhorar sua comunicação com o cliente e consequentemente impulsionar suas vendas.

No mundo atual, o marketing de conteúdo tem sido apontado como uma das melhores estratégias para se conseguir clientes fiéis. Mas um outro esforço nessa direção, que nem todo mundo pratica é a construção das personas. No artigo de hoje, vamos falar sobre o que elas são e quais as vantagens do seu uso para sua empresa, website ou projeto.

O que são as personas?

Personas podem ajudar seu negocio! - foto por Pixabay

Quando temos um negócio, seja uma loja, um e-commerce ou mesmo uma empresa de serviços, é importante saber quem é seu cliente ideal, quais as características que ele possui, sua faixa etária, sexo e demais informações. Isso irá definir o que chamamos de buyer persona, mas que pela facilidade, convencionou-se chamar apenas de persona. Ela é definida através de dados reais, focando principalmente no comportamento e nas características que você conhece do seus clientes. É importante não confundir a buyer persona com brand persona, que são os personagens como a Lu do Magazine Luiza ou o pinguim do Ponto Frio, que são utilizados para comunicação com o público. No caso da buyer persona o objetivo é conhecer o público antes de iniciar a comunicação direcionada.

Quais as vantagens de usarmos personas?

Podemos elencar diversos benefícios, tais como:

  • Você pode elaborar um conteúdo direcionado, pois a forma da sua comunicação é específica, de acordo com o público em questão;
  • Você entende melhor as dores e desejos do seu público e pode buscar formas práticas de solucioná-las;
  • Você identifica de forma rápida e precisa alguns traços de seu consumidor.
  • Você melhora não só suas vendas como o ROI do seu investimento em marketing, pois pode direcionar seus esforços para o perfil de consumidor que você entender como ideal.

Diferença entre persona e público-alvo

Embora os conceitos possam soar parecidos, os objetivos são diferentes.

Quando criamos uma persona, estamos definindo uma representação de um cliente ideal. Por causa disso, ela possui detalhes bem específicos e peculiaridades que tornam esse perfil ainda mais único e exclusivo. Assim, você pode oferecer um conteúdo ainda mais direcionado e personalizado para o cliente.

Por outro lado, o público-alvo é uma análise mais ampla e generalizada dos consumidores para quem você quer vender seus produtos. Esse conceito representa um segmento da sociedade que compartilha algumas características em comum. Resumindo, enquanto a persona apresenta um estudo minucioso do comportamento do cliente ideal, o público-alvo é mais generalista. Ficou claro?

Como criar as personas?

Essa é uma fase bastante importante - foto por Pixabay

Podemos dizer que o desenvolvimento de buyer persona é um processo bastante simples. Basicamente são executadas as etapas abaixo:

  1. Entrevistas com clientes e prospects.
  2. Transcrição das entrevistas.
  3. Construção das personas com base nos Insights de Compra.
  4. Em seguida é feita a tomada de decisões de marketing.

Após criar suas buyers personas, você poderá elaborar conteúdo (posts em blog, infográficos, ebooks, e-mails marketing) que dialoguem diretamente com cada uma dessas pessoas. Esse conteúdo vai ajudar a melhorar a assertividade na sua comunicação com seu público e suas chances de atração e conversão desse público-alvo irão aumentar bastante.

Seguem alguns exemplos:

- Tendência de relógios para executivos

- Como se vestir bem em reuniões de trabalho?

-Qual o melhor smartwatch para corredores?

- Looks para ir a praia

Gostaram das informações? Continuem conosco que sempre temos informações para melhorar os seus resultados.